Como está organizada a pastoral familiar no Brasil (Parte II)

Entrevista com casal coordenador, Tico e Vera

BRASILIA, segunda-feira, 13 de agosto de 2012  – Começamos ontem (12) a semana nacional da Família, que está sendo celebrada em cada diocese do Brasil até o dia 18 desse mês.

Aproveitando a temática familiar que está sendo objeto de reflexão dos católicos brasileiros, publicamos hoje a segunda parte da entrevista que o atual casal coordenador da Pastoral Familiar, Raimundo Veloso Leal e Vera Lúcia Morais Leal, concederam à ZENIT.

A primeira parte da entrevista foi publicada no dia 06 de agosto (para ter acesso clique aqui).

***

ZENIT – As estruturas eclesiásticas, sem o espírito de Cristo e do Evangelho, podem cair numa mera burocracia e ativismo? Qual é a sua experiência sobre isso?

TICO & VERA: Quem fala agora é Vera – “A nossa experiência é verdadeiramente salutar e pode ser considerada (principalmente no caso do TICO), como uma grande experiência de DEUS. Ele sempre acreditou que o trabalho bastava, e que a força do homem residia na sua própria força. Acontece que em 1984 fomos chamados por Deus (através de um amigo, já falecido) para participar do Encontro de Casais com Cristo, e naquele encontro, ele “caiu do cavalo!” descobriu que toda a sua força e capacidade de trabalho, vinha, não dele, mas do Deus que o criou e o amou desde sempre. A inspiração de Deus sobre o Padre Pastore então realizava-se nele. Descobriu a Igreja e, sobretudo, descobriu a sua fragilidade e pequenez, como ele mesmo diz. Mergulhou na Messe do Senhor e hoje – continua Vera -, posso dizer sem dúvidas que ele se encontrou. Desprezou o ativismo e fez a entrega de todas as suas ações à graça que, segundo o nosso entendimento paira sobre nós. – e continua -, respondeu ao chamado de Deus com a sua vocação de servir à Igreja, o que tenta ele fazer com muita dedicação e responsabilidade – concluindo – Somos muito felizes por tudo isso e agradecidos a Deus pelos milagres acontecidos em nossa vida!. O Espírito Santo paira hoje sobre nós e sobre nossa dedicação e disposição, permitindo-nos então, servi-Lo com amor e misericórdia.”

ZENIT – O testemunho de vida matrimonial de vocês tem sido objeto das suas pregações Brasil à fora. Por que?

TICO & VERA: Não poderia ser de maneira diferente. O nosso testemunho não é tão somente de conversão, mas de oração, temor a Deus, resiliência, perdão e reconciliação. Tivemos inúmeros revezes e a existência pregou inúmeras peças em nossas vidas, quer em nossa relação amorosa, quer em nossa vida profissional, porém nunca nos faltou o amor de Deus e a presença do Cristo. Para reafirmar esse sentimento e essa certeza quando comemoramos os nossos 30 anos de vida matrimonial, mandamos gravar em nossas alianças o nome JESUS, para que pudéssemos conservar bem próximo a nós e de maneira indelevel o amor do Filho de Deus, segunda pessoa da Santíssima Trindade, que é nosso modelo e inspiração. Assim, quando fraquejamos, olhamos para as nossas alianças e sentimos no fundo das nossas almas aquilo que São Paulo dizia: “quando sou fraco, ai então é que sou forte”, pois temos em nossos momentos de fraquezas, a certeza do amor de Deus, que nos une e nos fortalece a cada queda nossa. É assim a vida do casal; é assim a nossa vida! Precisamos então anunciar a todos a Boa Nova do Matrimônio e da Família através de nós próprios. O testemunho é essencial!

ZENIT – Além dos testemunhos de vida, os matrimônios têm necessidade de princípios, de doutrina, de formação. Como a Pastoral Familiar atua nessa área de formação?

TICO & VERA: Temos sido muito felizes com a nossa Igreja e nesse caso pedimos que todos os casais e famílias estejam atentas ao que é dito pelos nossos sacerdotes, eles tem muito a nos dizer e a nos ensinar. Além do acompanhamento sacerdotal (bispos e padres), nós contamos com as nossas literaturas, cursos, encontros, fóruns, jornadas, congressos e escolas de formação, como é o caso do INAPAF (citado anteriormente).

ZENIT – A Pastoral Familiar é uma estrutura eclesiástica no Brasil, que tem como responsável a CNBB, ATRAVÉS DA Comissão Episcopal para a Vida e a Família. Na opinião de vocês, as dioceses do Brasil acolhem e implantam a Pastoral Familiar nas suas dioceses? 

TICO & VERA: Acreditamos que sim. É claro que às vezes encontramos alguma resistência de alguns, porém acreditamos que seja apenas por desconhecimento do que seja e do que representa a Pastoral Familiar e a própria família. Sabemos de todos os traumas que carregamos através de nossa vida e que quase sempre, nascem no seio das famílias acompanham a gente para sempre. É preciso então um trabalho de esclarecimento e de muita paciência, sobretudo, acreditando na graça de Deus. Como já dissemos anteriormente, há uma cultura de desconstrução da célula familiar que tem como resultado o enfraquecimento do corpo social. Tudo muito pertinente e compreensível. O grande problema é nunca desistir e manter a convicção de que “a Família é a esperança de Deus”, e que através da vida dessa esperança, haveremos de vencer todas as resistências e todos os contrários.

ZENIT – Afinal, como diz São Paulo na carta aos Efésios, lutamos contra realidades espirituais. Qual é a importância da oração na vida de uma casal católico que queira perseverar na sua vocação matrimonial?

TICO & VERA: Você vai permitir responder essa última pergunta com uma frase de São Lourenço Justiniano. Ele dizia: “A oração aplaca a ira de Deus, porquanto Deus perdoa logo a quem com humildade lhe pede, concede todas as graças pedidas, vence todas as forças do inimigo, em resumo, transforma os cegos em iluminados, os fracos em fortes, os pecadores em santos.”

Raimundo Veloso Leal & Vera Lúcia Morais Leal (TICO & VERA): Casal Coordenador da Comissão Nacional da Pastoral Familiar – CNPF, Pai de 04 filhos, se conhecem há 44 anos e são casados (no Senhor) há 38 anos. Residem em Salvador / Bahia – Telefone: (71) 9963.9003 – e-mail: ticovera@terra.com.br

Fonte: Zenit

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: