IV CONGRESSO DE PASTORAL FAMILIAR DA SUB-REGIÃO APARECIDA EM SÃO JOSE DOS CAMPOS DIAS 17 E 18 DE NOVEMBRO DE 2012.

        
         Aconteceu na cidade de São José dos Campos, na UNIVAP, Campus da Urbanova, o IV Congresso da Pastoral Familiar da Sub-Região de Aparecida, o qual reuniu cinco Dioceses, sendo a anfitriã, São José dos Campos, Aparecida, Caraguatatua, Lorena e Taubaté. O evento deu-se início com a celebração da Santa Missa, presidida por Dom Moacir, Bispo de São José dos Campos e seguiu com as palestras, dentre elas, a de três Bispos como segue abaixo:

1ª Palestra: Dom Raymundo Cardeal Assis-Arcebispo de Aparecida.

“A Família e o trabalho como recurso e Desafio”

          Na família que se aprende a amar e ser amado, onde a criança pode nascer, a família é fundamental, não se pode dispensar a família, onde se apresnde a ser pessoa, evidentemente que a família têm que procurar seu susptento, fruto do trabalho, além da busca material, mas o mais importante é educar os filhos na verdade e para o bem. Amá-los e educá-los.
         Se a pessoa têm uma boa educação, supera as dificuldades materiais. O trabalho faz parte da vida humana e é resultado da dignidade e da criação de Deus. A vida é uma vocação, uma missão e o homem e a mulher se complementam um ao outro. O nascimento não é visto como uma bên~ção de Deus, mas sim, como um problema. A comunicação da família têm como concorrente os meios sociais, por isso, esse motivo se tornou muito importante o diálogo. Devemos celebrar a festa em família, como nos batizados, formaturas, etc.
         O fujturo da humanidade passa pela família( Papa Beato João Paulo II).
 

2ª Palestra: Dom Carmo-Bispo de Taubaté.

” A festa na Família, para o Senhor e a Igreja”

         O homem é o animal mais carente do que os outros. vivemos um para o outro, convivemos, desconbrimos os altos e baixos. A festa é sinal de felicidade e faz parte das condições humanas e também está ligada a um estado de alma, gratidão, alegria e felicidade.
        Somos seres religiosos, porém é preciso estarmos bem psicologicamente. Domingo era o dia do Senhor, no entando, estão paganizando as festas cristãs, perdendo o sentido do Natal. Jesus fez festa e fez seu primeiro milagre na festa de casamento. A família é fundamentalmente o lugar da festa, pais e m~es promotores de festa da família. Nós precisamos dessa festa, pois ela é descanso, agradecendo ao outro…devemos cultivar isso. Vamos investir em nós, nossa vida mais bela, mais fraterna. Ela é o eixo trasversal para os outros.
 

3ª Palestra: Dom Beni – Bispo de Lorena.

” A Família e a Superação das Dificuldades”

         O que é Família?
         Desafio!
        O que a Pastoral Familiar pode fazer para ajudar as Famílias?
        A Família é um patrimônio da Humanidade. A Igreja cuida da Família pensando na Humanidade. Sendo assim, torna-se o primeiro caminho que o ser humano percorre, mesmo aquele que não se casa, vive como família.
         Ela é a mais importante escola, pois, forma a personalidade da pessoa. Se torna indispensável a articulação entre escola e família. Também é a família que fornece membros à sociedade e se torna a célula fundamental.
         Os pais têm que honrar seus filhos com diálogo, não usando “máscaras” entre eles. a família é a célula fundamental na Igreja, através do sacramento do matrimônio. Ela é Igreja Doméstica e precisa ser uma comunidade de fé, pois sem a fé a pessoa se afunda quanto mais ora, sua vontade fica igual a vontade de Deus.
         A Pastoral Familia deve anunciar o Evangelho, vamos evangelizar também com casais que vivam e testemunham a vida, também a vida dos animais e das plantas. Promover a cultura da VIDA.
 
         O Evento seguiu com a Palestra  “PLANEJAMENTO FAMILIAR”, pelo casal Vera e Braulino do Cemplafam, encerrando o primeiro dia com momento cultural com a Cia Cultural Bola de meia.
         O segundo dia do congresso deu início com a Santa Missa, presidida pelo Pe. Rinaldo, Assessor da Pastoral Familiar da Sub-Região de Aparecida e seguiu com o momento vida, onde os presentes refletiram sobre a Defesa da Vida com Nair, da Cuminidade Senhor da Vida  e casa Mãe de Jacareí e o casal Cabral e Fátima, coordenadores Diocesano da Comissão em Defesa da Vida da Diocese de São José dos Campos. A quinta e última palestra foi ministrada por Pe. Sílvio, da Paróquia Sagrada Família, com o tema: ” A Família e a Juventude”.
          Antes do encerramento, ocorreu o envio para o próximo Congresso que será na Arquidiocese de Aparecida, onde o casal Roberto e Aurora, coordenadores da diocese de São José dos Campos passaram o símbolo do Congresso, que é a Imagem da Sagrada Família, ao casal Édson e Mazé, coordenadores da Arquidiocese de Aparecida.
 
CONFIRAM OS VÍDEOS E FOTOS.
 

ANIMAÇÃO DURANTE O CONGRESSO

PE. CARLINHOS ASSESSOR DA PASTORAL FAMILIAR DA ARQUIDIOCESE DE APARECIDA E PE. SÍVIO, PÁROCO DA PARÓQUIA SAGRADA FAMILIA DE SÃO JOSE DOS CAMPOS.

ENCERRAMENTO E ENVIO PARA O PRÓXIMO CONGRESSO EM APARECIDA.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 
 
 
 
 
 
 

        
  

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: